PÁGINA EM CONSTRUÇÃO…

Trilhos de Bellas

Os Trilhos de Bellas é um evento desportivo, que envolve três provas pedestres pela Natureza, o Trail Longo, o Trail Curto e e a Caminhada. Estas decorrem com o mínimo de percurso pavimentado/alcatroado, percorrendo-se num percurso devidamente balizado e marcado, por trilhos, estradões, caminhos florestais, corta-fogos e singletracks.

São provas em se espera muita lama, àgua e que os atletas se divirtam e apreciem as belas paisagens da nossa Terra!

Com partida e chegada na Vila de Belas, esta iniciativa visa a promoção turística e ambiental da região, assim como do desporto em meio natural.

PROVA DE ESCOLAS DE BTT

A Prova de Escolas de BTT é uma iniciativa promovida pela Junta de Freguesia de Queluz e Belas com vista a promover o desporto entre os mais novos, decorrendo no Jardim Skate Parque do Casal da Barota/Massamá Norte, em Belas.

A Prova de Escolas de BTT apresenta provas tendo em conta a diversidade de idades existentes entre os concorrentes, desse modo as provas dividem-se em Infantis; Juvenis; Iniciados e Pupilos/Benjamins.

GRANDE PRÉMIO QUELUZ E BELAS – MANUEL FARIA

A prova desportiva denominada de “Grande Prémio Queluz e Belas – Manuel Faria” é uma merecida homenagem a Manuel Faria, distinto atleta português do Sporting Clube de Portugal, morador em Queluz e vencedor da Medalha Olímpica Nobre Guedes em 1957.

Este foi o primeiro atleta português a vencer a Corrida Internacional de São Silvestre de São Paulo, em 1956 e 1957, foi ainda recordista nacional dos 1500, 3000, 5000 e 10000 metros, assim como dos 3000 metros obstáculos, sagrando-se campeão nacional por treze vezes.

A participação nesta prova emblemática é gratuita.

GRANDE PRÉMIO QUELUZ E BELAS – JOSÉ ARAÚJO

O “Grande Prémio Queluz e Belas – José Araújo” é uma prova de atletismo que faz uma homenagem justa a José Araújo, um dos mais notáveis maratonistas portugueses.

José Araújo entrou para a história da modalidade ao ser o primeiro recordista nacional de distâncias longas em pista, depois de em 1954 ter corrido em pista 30.000 metros, 75 voltas.

Ao longo da sua carreira, José Araújo conseguiu 11 títulos de campeão nacional, vestindo por 16 vezes a camisola da seleção nacional, com a qual foi oitavo na maratona dos Europeus de 1954, em Berna, na Suíça. Foi 11 vezes campeão nacional, a que se juntou, por diversas vezes, o título de campeão em 10.000 m, 3000 m obstáculos, corta-mato e maratona, e 16 vezes internacional, duas das quais em Campeonatos da Europa (8º em 1954 e 14º em 1958) e quatro no antigo Cross das Nações, que antecedeu o Campeonato do Mundo (foi 25º em 1955).

Para além de uma brilhante carreira como atleta, entre 1940 e 1960, foi treinador de jovens ao longo de várias décadas, no Benfica e, depois, em Queluz, onde vivia.

A prova decorre no Parque Urbano Felício Loureiro, em Queluz e a participação é gratuita.