Terminado o estado de calamidade – Regressamos progressivamente mas com responsabilidade acrescida.

Comunicação UF Queluz Belascovid 19

O Conselho de Ministros de 30 de julho aprovou a resolução que “dá continuidade ao processo de desconfinamento iniciado em 30 de abril de 2020, renovando apenas a declaração da situação de alerta e contingência, consoante o território, deixando de vigorar a situação de calamidade nas 19 freguesias da Área Metropolitana de Lisboa, dada a tendência decrescente do número de novos casos de doença e a melhoria da situação sanitária nestas freguesias”.

Neste momento que nos devolve uma “normalidade” maior relativamente à vida social e económica, solicitamos a todos os cidadãos desta freguesia uma responsabilidade acrescida no regresso à vida em comunidade, com atenção às regras, que ainda vigoram, no estado de alerta e contingência. Este último é aplicável à união das Freguesias de Queluz e Belas, nomeadamente no que se refere ao ajuntamento de pessoas que apenas passa de 5 para 10, a necessidade de alguns estabelecimentos e bares poderem funcionar como café e/ou pastelaria desde que cumpridas as normas da DGS, a proibição do consumo de bebidas alcoólicas na via pública, entre outras medidas restritivas aplicadas. 

Contamos convosco para que os próximos tempos sejam de tranquilidade e permanecemos disponíveis para toda a população.

A Presidente da União das Freguesia de Queluz e Belas
Paula Alves